15 de junho de 2012

Novas especies de Aves avistadas nos passeios da Fazenda San Francisco Pousada e Passeios no Pantanal


            A equipe da Fazenda San Francisco Pousada e Passeios no Pantanal esta sempre querendo compartilhar todas as novidades que ocorre no pantanal com os seus clientes, por isso estamos aqui mais uma vez para falar de duas novas espécies não só para a nossa lista... e sim para esta região do Pantanal Sul Mato-grossense.


No dia 01/06/2012, saíram para fazer o passeio de safari fotográfico o guia pantaneiro, Armando e Roberta, neste passeio temos o objetivo de irmos em buscas de animais de hábitos diurnos sendo grande parte deles as aves.

O passeio já estava na metade do caminho quando os guias observaram uma espécie de saracura cruzando a frente do carro, e com bons olhos de uma guia experiente notaram que não se tratava da espécie comum que ocorre nesta região, a Saracura três potes Aramides cajanea. Notaram que era uma espécie muito parecida porem mais robusta e maior além da coloração diferente na região do ventre e do pescoço.


Se aproximaram rapidamente para uma melhor observação e tentar fazer até mesmo um registro da ave com fotos ou vídeos e para a sorte dos guias ela permaneceu em uma área aberta proporcionando uma boa foto para podermos identificar de qual espécie se tratava. E com a fotos conseguimos descobrir que se trata de uma saracuraçu (Aramides ypecaha), a espécie tem apenas poucos registro no extremo sul do Pantanal, na região do Porto Mortinho.

A saracuraçu (Aramides ypecaha) é uma espécie de saracura de grande porte que habita o Brasil, Paraguai, Uruguai e Argentina. Tais aves medem cerca de 46 centímetros de comprimento, possuem bico verde, pescoço cinzento, ventre ferrugíneo, uropígio e cauda negros. Também são conhecidas pelo nome de saracuruçu. 
             

          A outra novidade é ainda mais legal. Também no passeio de Safári fotográfico agora com os guias Didi e Leandro.  Seguíamos o passeio normalmente quando resolvi parar para uma família de capivara no qual estava ao lado de um canal de irrigação. Depois de alguns minutos o guia Leandro pediu que eu emprestasse o binóculo para ele pois observou que ao meio de algumas marrecas havia uma espécie diferente.  Olhou e notou que era algo que nunca avia observado em qualquer lugar e então pediu que eu desse uma olhada. Observando a espécie também não consegui identificar de qual se tratava pois também era uma novidade para mim. Já estou ha 7 anos no ramo de guia pantaneiro, atuei na região do Pantanal do Abobral, próximo a Corumbá também na região do Aquidauana com o Miranda e nunca havia encontrado com esta espécie.


Então fomos buscar no Guia de aves Pantanal e Cerrado e não encontramos nada parecido, peguei então meu outro guia de aves BIDS OF SOUTHERN SOUTH AMERICA AND ANTARTICA, no qual descobri que se tratava de uma espécie muito rara, no qual a principal distribuição esta localizada no extremo sudeste do Brasil (Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná e São Paulo Rio de Janeiro e Espíritos Santo.
  
 A nova espécie que agora vai fazer parte não só da lista da Fazenda San Francisco mais como de todo o Pantanal Sul Mato-grossense. Trata-se de um Mergulhão Grande Podiceps major. A ave estava tranquila e proporcionou boa observação e também algumas fotos para melhor identificar.

Um pouco mais sobre o Mergulhão Grande voce encontra abaixo.


HÁBITOS - Vivem em lagos grandes de áreas abertas, estuários de rios e orla marítima. Encontrado aos pares ou em pequenos grupos, compostos de adultos e imaturos. Quando mergulha desenvolve grande velocidade sob a água, mas em terra, mostra-se desajeitado.


DISTRIBUIÇÃO GEOGRÁFICA - Espécie meridional, indo da Terra do Fogo ao Uruguai, Paraguai e Brasil. Uma população disjunta existe no nordeste do Peru, enquanto a principal distribuição da espécie está localizada do extremo sudeste do Brasil (Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná e São Paulo, Rio de Janeiro e Espírito Santo ) à Patagônia e Chile central. A população do sul do Chile é considerada uma subespécie separada, P. m. navasi. Status de conservação: LC (IUCN).


Texto - Edir Alves - Guia Pantaneiro 

Fotos Saracuracu - Roberta Coelho
Fotos Mergulao Grande - Edir Alves


Novas especies de Aves avistadas nos passeios da Fazenda San Francisco Pousada e Passeios no Pantanal

2 comentários:

Luiz Álvaro disse...

Parabéns, pelos dois importantes registros.

Fazenda Barranco Alto disse...

Muito legal Carol, vamos ver se ano que vem estas duas aves migram um pouco mais pro norte até no Rio Negro. Abs, Lucas